Clareamento Dental – HOPE Odontologia

Clareamento Dental a Laser

Na busca pelo sorriso perfeito, muita gente já fez ou pretende fazer clareamento. Uma das opções mais modernas é o clareamento a laser, um método odontológico estético, que elimina manchas e pigmentos incorporados ao esmalte do dente. O clareamento a laser é, atualmente, a técnica mais segura para recuperar o branco dos dentes. Isso porque pode ser feito somente com o acompanhamento direto do dentista.

Realizado somente em consultórios de odontologia, o clareamento a laser tem um efeito rápido e super eficaz. O procedimento é feito por um dentista, que usa uma luz do tipo LED para ativar o agente presente no gel clareador. Durante o clareamento a laser, ele faz uma proteção especial nos lábios e nas gengivas, para evitar o contato com o gel. O laser, de baixa potência, é utilizado para diminuir a sensibilidade nos dentes.

O gel clareador permanece sobre os dentes em intervalos de, em média, 15 minutos, até somar o máximo de uma hora. O procedimento pode ser realizado em uma ou mais sessões. Isso vai depender do quão escuros estão os dentes do paciente. Há casos em que são necessárias até três sessões para alcançar o resultado desejado.

Dúvidas Frequentes

Desde que o paciente cumpra todo o procedimento corretamente e siga as recomendações indicadas pelo dentista, o efeito do clareamento dental pode durar de 1 a 3 anos, no geral. Após esse período, você pode realizar o retoque do seu clareamento.

Outra vantagem: a cor inicial do seu dente jamais será a mesma. Portanto, na próxima vez que você passar pelo procedimento, ele será muito mais rápido. E no caso do clareamento caseiro, ele irá requer menor tempo de aplicação do gel. Entretanto, vale lembrar que para iniciar esse tipo de tratamento, você precisa passar por uma avaliação e garantir que está tudo em dia com sua saúde bucal.

O primeiro passo é você realizar uma avaliação. Nela, o dentista verifica a cor inicial dos seus dentes e lhe diz até que tom ele pode chegar. Ou seja: é preciso estudar caso a caso, até onde o sorriso do paciente pode ficar mais branco, sem danificá-lo. Além disso, talvez seja preciso fazer uma limpeza dentária, para garantir que não haja nenhum resíduo de alimento ou excesso de tártaro na boca, por exemplo.

A quantidade de sessões pode variar de paciente para paciente. Portanto, quanto mais pigmentado o dente, mais será preciso voltar ao dentista para aplicar o gel. Porém, em média, recomenda-se duas. Cada consulta tem duração de 1h e o intervalo entre elas é de uma semana.

A descoloração dos dentes e, portanto, o amarelamento, é associada ao processo de envelhecimento natural do dente. Porém, fatores relacionamentos a pigmentação da alimentação também podem influenciar no processo.

Alimentos ácidos e com excesso de corantes devem ser evitados. Por exemplo, o chocolate, amado por muitos, é um vilão do clareamento! Presente na rotina de boa parte dos brasileiros, o café também não deve ser consumido, pelo menos nos dois primeiros dias após o fim do tratamento. Chás, refrigerantes e alimentos ricos em corantes, como a beterraba e o molho de tomate industrial, também devem ser riscados da lista.

Para prolongar o efeito do tratamento, você precisa seguir à risca as recomendações do seu dentista. Deve-se manter uma boa rotina de higienização, com escovação ao menos três vezes ao dia, o uso de fio dental e enxaguantes. Lembre-se também de evitar os cremes clareadores. Eles podem fazer seu dente ficar ainda mais sensível.

Você é essencial nesta etapa! Independente da técnica de clareamento dental utilizada, é necessário tomar alguns cuidados. Portanto, caso queira manter o amarelamento, as manchas ou escurecimento longe por mais tempo, confira nossas dicas!

Em primeiro lugar, tenha atenção redobrada com seus hábitos alimentares. Não é necessário cortá-los totalmente, porém, evite alimentos com corantes como café, vinhos e suco de uva. Além disso, atenção redobrada ao hábito de fumar. Ele pode prejudicar os efeitos do seu tratamento.

Em segundo lugar, mantenha uma rotina de higiene bucal que seja efetiva. É preciso estar atento para impedir que os corantes permaneçam em contato com a superfície dos seus dentes por mais tempo do que o necessário.

É fundamental diminuir, por exemplo, o consumo de alimentos e bebidas com temperaturas extremas (quentes ou frias). Outra dica é consultar o profissional e verificar as concentrações utilizadas pelo gel utilizado no procedimento. Em outras palavras, quanto mais baixa, menor as chances de causar a sensibilidade. Portanto, nesse caso, o clareamento pode levar mais dias para atingir o resultado esperado, porém, é uma solução para os dentes sensíveis.

Cabe também ao dentista indicar o uso de dessensibilizantes após o uso do gel clareador. O produto é ideal para fechar os túbulos dentinários. Como resultado, ele evita a exposição aos agentes que causam a sensibilidade.

O paciente também pode apostar no clareamento a laser. Nesta técnica, a luz vinda do laser promove o selamento dentinário, fechando a entrada dos túbulos expostos. Uma vez fechados, não há a alteração de pressão e a dor por sensibilidade. Em suma, é uma ótima opção para os mais sensíveis!

Falar com a HOPE
1
Precisa de ajuda ?
Olá.. podemos ajudar ?